sexta-feira, 18 de junho de 2010

Visita de Lula a Altamira, no Pará, terá protestos contra Belo Monte

No próximo dia 22 de junho, terça feira, ribeirinhos, pequenos agricultores e movimentos sociais organizam protestos contra a hidrelétrica de Belo Monte em Altamira, Pará, quando o presidente Lula visita a região para lançar os projetos de asfaltamento da Transamazônica, o programa Luz para Todos e a usina de Belo Monte no rio Xingu.

Os movimentos sociais repudiam a insistência do governo federal em empurrar Belo Monte goela abaixo da população do Xingu e estão convocando a população para as seguintes ações:

Dia 21/06 - Fechamento da rodovia Transamazônica

Dia 22/06 - Manifestação em protesto a construção da barragem. Local de concentração: 8h da manhã na Praça do Matias, em frente a orla do caís (Altamira).

Apesar das oito liminares contra a obra que aguardam julgamento no TRF1 e na Justiça Federal de Altamira (agora transferidos para a Vara Ambiental e Agrária recentemente criada em Belém), e que podem suspender o licenciamento e o leilão de Belo Monte a qualquer momento, o processo da usina segue avançando rapidamente com a antecipação de todos os prazos previstos.

A Aneel acaba de aprovar a homologação do leilão de Belo Monte (dia 15/06), e o Consórcio Norte Energia já anunciou sua intenção de antecipar para julho a assinatura do contrato de concessão da obra. As equipes das empresas Leme Engenharia e CENEC já estão trabalhando no Projeto Básico Ambiental (PBA) com o objetivo de antecipar a licença de instalação para setembro de 2010.

Um comentário:

  1. felipe dos santos gatinho rocha ou puxirum23 de junho de 2010 15:51

    De todos e por todos os meios, a imposição (oculta, também) desta usina é uma tragédia, mas, um rebanho que vota, que alimenta o inimigo, a competição, o mercado, o estado, um ou outro governo, as igrejas, como toda instituição, que não prioriza estudar (depois de comer e beber) não é senão uma farsa, mesmo quando protesta.

    ResponderExcluir