sexta-feira, 5 de agosto de 2011

CARTA ABERTA DE MONTANHA – MANGABAL - Contra as Hidrelétricas do Tapajós


Nós, moradores e moradoras das comunidades de Montanha e Mangabal, das localidades de Vilinha, Vira Sebo, Uxizal, machado, Jatobá, Sapucaia, Patos, Praia Chique, Apuí, Buriti, Tavares, Areia Grossa, Terra Preta, nas margens do rio Tapajós, município de Itaituba, PA, participantes da “Oficina Comunitária: Resistência às UHE’s no Tapajós”, indignados pelo descaso com que estamos sendo tratados pelo governo federal, pela Eletronorte e pelas empresas terceirizadas, interessadas em construírem o complexo hidrelétrico do Tapajós, vimos a público declarar que:

Apesar de os técnicos da empresa terceirizada falarem que nós vamos ter casa melhor, por que nossa casa é de palha, queremos lembrar que este é o nosso conforto e que disso não abrimos mão;

Entendemos que essa é nossa terra, onde a gente vive e sair daqui de repente fica difícil e que a partir do momento em que o governo nos expulsar, a gente vai ficar na mesma situação das populações que já foram atingidas por barragens;

Afirmamos que nós não podemos cruzar os braços, por que se cruzamos o braço o governo e as barrageiras fazem o que querem;

Sabemos que se oferecerem emprego para os ribeirinhos, vai ser por pouco tempo, ai quando terminar a gente perde tudo e fica só o lixo pro rio e nós vamos ficar sem ter nada;

Sabemos que tudo o que o governo diz é pura mentira e que é daí pra pior essa construção deles

Nosso patrimônio ambiental está ameaçado e que se a barragem sair nossos peixes morrem, ficam sem ar, nossa água fica parada e os pescadores não terão como viver

Sabemos que apesar da propaganda do governo falar de impactos mínimos entendemos muito bem que sso não é mínimo impacto, isso é uma desgraça total;

Deixamos claro que aqui na comunidade não tem ninguém a favor dessas barragens, que nós estamos partindo para batalha e que nós resolvemos botar o pé na parede e fazer alguma coisa contra isso;

Por isso estamos nos mobilizando e vamos mobilizar o povo de Jacareacanga para somar na nossa luta;

TAPAJÓS VIVOPARA SEMPRE!

NOSSOS RIOS VIVOS E SEM BARRAGENS PARA SEMPRE.

Montanha Mangabal, 31 de julho de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário